jeudi 12 novembre 2015

Seja apenas um terço dos meus átomos...



Fui tão sua, que me esqueci de ser minha.

A beleza, de fato, vem de dentro pra fora. Tem gente que é tão florida por dentro, que ao estarmos perto, nos sentimos em um verdadeiro jardim. E essa, bem, não sou eu.
E te amar foi como ventos destrutivos atingiram minha alma... Eu transbordei tanto amor por ti, que preencheu tudo, sem deixar espaço pra mim. Hoje você ocupa todo o espaço da cama, do sofá, cada pedacinho de mim. Eu deixei né? A culpa foi minha e agora parece ser tarde... Não consigo arranjar um lugarzinho nesta bagunça. Está tudo do avesso, não consigo voltar.
Sabe quando você desaparece aos poucos? Eu sinto isso, como se estivesse em busca de um refúgio, mas não encontro. E não vejo outro caminho, simplesmente me perdi em algum lugar no meio do nada...
Quando você entrou em meu cantinho, minha alma simplesmente se retirou e se perdeu. Ainda a sinto por aqui, em algum lugar, mas também sinto que estou perdendo.
Amar a si mesmo é encontrar sua alma e enfeitá-la. Não digo que quero te arrancar daqui, não tem como, eu o amo e preciso de você pra florir, mas te deixar ocupar só um lado da cama, só um espaço no sofá e só um terço dos meus átomos.
Para te amar preciso, primeiro, me encontrar.


Confira mais textos desta autora Aqui

0 commentaires:

mensajes bonitos © 2015 - 2016 : All Rights Reserved