samedi 7 novembre 2015

À Procura da Felicidade.



“Nunca deixe que ninguém lhe diga que não pode fazer algo. Nem mesmo eu. Se tem um sonho, deve protegê-lo. Quando alguém não pode fazer algo, diz que você também não pode. Se quer alguma coisa, vá atrás. Ponto final.”

Todos os dias, quando você acorda e levanta da sua cama, a vida lhe faz uma oferta. Ela te olha nos olhos, ainda cansados, sonolentos, e diz “Bom dia, eu tenho uma coisa pra você, um presente, são limões”. Cabe a você decidir, o que fará com eles? Vai reclamar por ter ganho tal presente, sentirá o azedo dos limões ou fará uma limonada, o que será?

Temos esse poder de escolha, todos os dias. A vida distribui desafios a todos, sendo eles grandes ou pequenos, para algumas pessoas a quantidade de desafios é maior, para outras, menor. Quanto mais desafios, quanto maiores eles forem, mais você cresce. Tem um sonho, corra atrás. Não importa quantos obstáculos, muros, mares, estejam no caminho. O seu sonho vale cada suor de sua testa.

Chris Gardner tinha um sonho. Dar uma vida melhor à sua família. O caminho era pedregoso, ele estava descalço, seus pés sangraram, mas não desistiu.

Dirigido por Gabriele Muccino, À Procura da Felicidade (The Pursuit of Happyness) é um drama americano de 2006, baseado na vida de Christopher Paul Gardner, fundador da Gardner Rich & Co. O longa rendeu uma indicação ao Oscar de Melhor Ator para Will Smith. O elenco do filme conta com Will Smith, como Chris Gardner, Jaden Smith, como Christopher, Thandie Newton, como Linda e Brian Howe, como Jay Twistle.

Chris Gardner é um pai de família que batalha diariamente para manter sua família, que está com dificuldades financeiras. Há algum tempo, ele investiu todas as economias da família em aparelhos médicos de um modelo específico. Parecia um bom negócio, se as máquinas não fossem muito caras e apenas um pouco melhores do que um Raio X. Chris quase não consegue vendê-las. Ele precisa de, no mínimo, duas vendas para dar o sustento básico à família.

Uma oportunidade salta aos olhos de Chris. Ele se inscreve para um estágio como corretor da bolsa. A vida poderia melhorar. Eles poderiam ter uma condição melhor. Só tem um problema, o estágio dura seis meses, há vinte vagas, não é remunerado e só um ficará com o emprego. Linda, a esposa de Chris, não suporta mais a situação e vai embora, ela não era feliz.

O dinheiro fica cada vez mais escasso. Chris, junto de seu filho Christopher, vive cada dia um novo desafio, uma luta, uma busca pela felicidade.

Com uma ótima atuação de Will Smith, a trilha sonora que se encaixou perfeitamente ao filme e uma história incrível, motivadora, inspiradora, e o melhor, real.

Quando o corpo doer, a mente estiver cansada e a alma sobrecarregada depois de tanta luta, tanta determinação, tantos tombos, conseguirmos alcançar nossos sonhos, esse momento, esse pequeno momento da vida se chamará felicidade! Recomendo.

Clique aqui para ver o trailer.



0 commentaires:

mensajes bonitos © 2015 - 2016 : All Rights Reserved